O ensino de Literatura e a leitura literária: alguns percursos teórico-conceituais
PDF

Palavras-chave

Ensino de Literatura; Leitura Literária; Texto literário.

Como Citar

FERREIRA , V. O ensino de Literatura e a leitura literária: alguns percursos teórico-conceituais. SEDA - Revista de Letras da Rural-RJ, v. 5, n. 12, p. 175-190, 15 jan. 2021.

Resumo

Neste artigo, caminho alguns percursos teórico-conceituais na área de ensino de literatura e leitura literária. Nesse sentido, me debruço sobre a prática literária, abarcando uma investigação sobre a abordagem do texto literário no Ensino Médio e Superior. Apresento matizes sobre as políticas educacionais e as problemáticas da educação literária, o ato de leitura e o foco dado ao aluno/leitor, buscando, por fim, pensar na construção do sentido do texto literário por meio do processo interacional de leitura.

PDF

Referências

AMORIM, M. A. de. "Literatura, adaptação e ensino: uma proposta de leitura." In: GERHARDT, A. F. L. M; AMORIM, M. A. de; CARVALHO, A. M. Linguística aplicada e ensino: língua e literatura. Campinas: Pontes, 2013.
CANDIDO, Antônio. O direito à literatura. In: Vários escritos. Rio de Janeiro: Ouro sobre Azul, [1988] 2011.
CAVALCANTE, T. Uma (des)Aprendizagem ou o Livro dos (des)Prazeres: a dramatização e a problemática da educação literária no ensino médio. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada). Rio de Janeiro: UFRJ, 2009.
CEREJA, W. R. Ensino de Literatura: uma proposta dialógica para o trabalho com literatura. São Paulo: Atual, 2005.
DIAS, A. C. Literatura e educação literária: quando a literatura faz sentido(s). Revista Cerrados, Vol. 25 Núm. 42, 2016, p. 210-228.
FERREIRA, V. A canção no livro didático de Português/Literaturas no Ensino Médio: uma abordagem dialógica das atividades de leitura. Dissertação de Mestrado (Programa Interdisciplinar de Linguística Aplicada). Rio de Janeiro: UFRJ, 2019.
JURADO e ROJO. A leitura no ensino médio: o que dizem os documentos oficiais e o que se faz? In: BUZEN, C.; MENDONÇA, M. (Orgs.) Português no ensino médio e a formação do professor. São Paulo: Parábola, 2006, p.37-55.
LAJOLO, M. O texto não é pretexto. In: ZILBERMAN, R. (org.). Leitura em crise na escola: as alternativas do professor. Porto Alegre: Mercado Aberto, 1986, p. 51-62.
LAJOLO, M. A leitura literária na escola. In: LAJOLO, M. Do mundo da leitura para a leitura do mundo. São Paulo: Ática, 2000, p.11-16.
LEFFA, V. J. Interpretar não é compreender: um estudo preliminar sobre a interpretação de texto. In: Vilson J. Leffa; Aracy Ernst. (Org.). Linguagens: metodologia de ensino e pesquisa. Pelotas: Educat, 2012, p. 253-269.
MARTINS, I. A literatura no ensino médio: quais os desafios do professor? In: BUZEN, C.; MENDONÇA, M. (Orgs.) Português no ensino médio e a formação do professor. São Paulo: Parábola, 2006, p.83-102.
PAIVA, V. L. M. de. O. O novo perfil dos cursos de licenciatura em Letras. In: TOMICH, L. M. B. e outros. (Org.) A interculturalidade no ensino de inglês. Florianópolis: UFSC, 2005.
POUND, E. O ABC da literatura. Trad.: A. de Campos e J. P. Paes. São Paulo: Cultrix, 2006 [1934].
OLIVEIRA, L. A. Coisas que todo professor de português precisa saber: a teoria na prática – São Paulo: Parábola Editorial, 2010.
REZENDE, N. KL. De. O ensino de literatura e a leitura literária. DALVI, M. A.; REZENDE, N. L. de.; JOUVER-FALEIROS, R. (Orgs.). Leitura de literatura na escola. São Paulo: Parábola, 2013, p. 99-112.
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Copyright (c) 2021 SEDA - Revista de Letras da Rural-RJ